segunda-feira, 9 de maio de 2016

Como calcular o PIS

A nova Lei que regulamenta o Programa de Integração Social, conhecido como PIS, deixou algumas pessoas com dificuldade na hora de fazer o cálculo de quanto pode receber ou se tem direito a receber algum valor. Se você também ficou perdido durante essa mudança na Lei, acompanhe este artigo e aprenda como calcular o seu Abono Salarial do PIS.

Desde o ano de 2015, começaram a valer as novas regras de cálculo do PIS. Por causa do advento da nova lei que regulamenta o programa, Lei nº 13.134/2015, e pela grande quantidade de informações errôneas disponíveis na internet muitas pessoas se confundem na hora de calcular o PIS. Além disso, de antemão já saiba que não são todos os trabalhadores que têm direito ao Abono Salarial.

Antes de qualquer coisa, você deve ser cadastrado no Programa de Integração Social há pelo menos 5 anos, não receber mais que dois salários mínimos e ter trabalhado pelo menos 6 meses na mesma empresa no ano anterior ao do recebimento do Abono.

Se você cumpriu com esses requisitos, parabéns, você tem direito a receber o Abono do PIS. Agora vem a parte mais interessante, que é saber quanto você tem a receber.

Para ficar mais fácil a explicação, vamos trabalhar com números redondos. Por isso, vamos supor que seu salário seja de mil reais - R$1.000,00.

A própria Lei relata como deve ser o cálculo: “O valor do abono salarial anual de que trata o caput será calculado na proporção de 1/12 (um doze avos) do valor do salário-mínimo vigente na data do respectivo pagamento, multiplicado pelo número de meses trabalhados no ano correspondente.”

Para descobrir quanto vale 1/12 avos, basta pegar o valor recebido e dividir por 12, que é a quantidade de meses do ano. Portanto, se você recebe R$1.000,00 por mês, cada 1/12 avos equivale a R$83,33. Assim basta multiplicar esse valor pela quantidade de meses trabalhados. Se você trabalhou seis meses, ficará R$83,33 multiplicado por 6 que dá R$500,00.

Parece difícil, mas vamos fazer alguns exemplos para ficar mais fácil:

Exemplo 1 -  Vamos supor que você receba R$ 1.000,00 por mês e tenha trabalhado os 12 meses do ano, a fórmula a ser usada é a seguinte:

A média salarial é R$ 1.000,00 x 12/12 = R$ 1.000,00
Portanto você irá receber R$ 1.000,00 de PIS.

Exemplo 2 - Neste caso vamos supor que você receba os mesmo R$1.000,00, mas que tenha trabalhado apenas 8 meses:

A média salarial é R$ 1.000,00 x 8/12 = R$ 586,00
Portanto você irá receber R$ 586 de PIS.

Caso vc queira saber sobre o IRPF, veja o link: http://www.kingolabs.com.br/irpf-2017/


Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.